Multa pneu careca: descubra o que fazer para a evitar!

Pneu careca
6 minutos para ler
Planilha Cálculo de Frete

Quem está sempre na estrada sabe a importância de estar em dia com a manutenção do seu veículo. Além de ter mais segurança, boas práticas ajudam a evitar problemas como a multa por pneu careca.

Mas afinal, o que é uma multa por pneu careca? Qual o artigo de lei que fala sobre ela? E como evitar esse tipo de penalização?

Neste artigo, você vai entender mais sobre como funcionam as multas por pneus carecas e os cuidados que podem ser tomados para evitá-las. Acompanhe e descubra!

O que é uma multa por “pneu careca”?

Muito embora os caminhoneiros conheçam a maior parte das regras de trânsito, é comum encontrar profissionais que não sabem em que situações a multa por pneu careca é aplicada.

Assim como as demais infrações de trânsito, a multa está prevista na Lei nº 9.503/1997, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A norma não fala especificamente sobre pneu careca, mas determina a multa sobre veículos que trafegarem em mau estado de conservação.

Assim, os caminhoneiros que estiverem transitando com o pneu careca podem ser multados em infração grave, com multa de R$ 195,23 e perda de 5 pontos na CNH. Ainda, o veículo pode ficar retido até que o pneu seja trocado.

Com relação à pontuação, os caminhoneiros precisam estar atentos também à Lei do Caminhoneiro — Lei nº 13.103/2015 e às Lei

O artigo 230 do CTB considera infração a condução do veículo em mau estado de conservação, já que compromete a segurança do motorista e das demais pessoas que usam a via. Confira o que diz o artigo:

Art. 230. Conduzir o veículo:

(…)

  XVIII – em mau estado de conservação, comprometendo a segurança, ou reprovado na avaliação de inspeção de segurança e de emissão de poluentes e ruído, prevista no art. 104;

Mas, afinal, como saber se o pneu está careca? É o que você vai descobrir a seguir.

Como saber se o pneu está careca?

Uma dúvida muito comum dos motoristas é saber identificar a partir de qual momento o pneu é considerado em estado ‘careca’.

De acordo a Resolução 558/80 do CONTRAN, os pneus devem estar com os sulcos — altura dos frisos na banda de rodagem — no máximo com 1,6 milímetro, abaixo disso o pneu é considerado “careca”.

Com menos de 1,6 milímetro os pneus não garantem a aderência ao asfalto, o que pode trazer instabilidade para o veículo, aumentando o risco de acidentes. Veja o que diz o artigo 4º da referida resolução:

Art. 4º – Fica proibida a circulação de veículo automotor equipado com pneu cujo desgaste da banda de rodagem tenha atingido os indicadores ou cuja profundidade remanescente da banda de rodagem seja inferior a 1,6 mm.

§ 1º – A profundidade remanescente será constatada visualmente através de indicadores de desgaste.

§ 2º – Quando no mesmo eixo e simetricamente montados, os pneus devem ser idêntica construção, mesmo tamanho, mesma carga e serem montados em aros de dimensões iguais, permitindo-se a assimetria quando originada pela troca de uma roda de reserva, nos casos de emergência.

§ 3º – O condutor que não observar o disposto neste artigo, fica sujeito à penalidade prevista no artigo 181, XXX, p do Regulamento do Código Nacional de Trânsito.

Qual a importância de manter os pneus em dia?

Os acidentes rodoviários estão, em muitos casos, associados à não manutenção dos pneus e demais componentes do caminhão.

Com o uso e o atrito contínuo do pneu como o solo, os sulcos da banda de rodagem perdem a profundidade, isso diminui a aderência e aumenta o risco de acidentes. Mantendo os pneus em dia você:

Você sabe tudo sobre mecânica de caminhões? Teste seus conhecimentos e veja os principais mitos
  • garante a eficiência dos pneus, com a manutenção da aderência ao solo e a segurança na hora da frenagem. Em situações que uma frenagem brusca é necessária, a boa aderência dos pneus pode fazer toda diferença.
  • Redução do risco de aquaplanagem — sem a profundidade dos sulcos (o que ocorre com os pneus carecas), o caminhão perde o contato com o asfalto e, em caso de pista molhada, pode deslizar de forma descontrolada sobre a pista.
  • Garante a estabilidade do veículo, já que com pneus carecas a direção se torna mais desconfortável e instável. Um veículo com pneus em más condições corre até mesmo o risco de estourar, dependendo da velocidade e do estado da pista onde está transitando.
  • Reduz o risco de atolamento — circular com pneus carecas em terrenos acidentados aumenta o risco de atolamento. Com os pneus em dia, as chances disso acontecer são bem menores.

O motorista também precisa saber que os pneus carecas interferem no alinhamento do veículo, o que exige mais força do condutor enquanto dirige.

Por fim, manter os pneus em dia, além de ser um fator chave para a segurança do motorista, também reduz os gastos, já que as despesas com acidentes, multa ou frete parado podem ser muito mais altas.

Aqui, vale destacar que a regra dos pneus se aplica também ao estepe, que não pode estar careca.

Como evitar multas por pneus carecas?

A melhor forma de evitar multas e riscos é por meio da prevenção. Aqui, a orientação é que os caminhoneiros realizem as manutenções frequentes dos caminhões, ficando atentos ao tempo de uso dos pneus, o surgimento dos primeiros sinais de desgaste e o cuidado com todas as peças do veículo.

Na prática, verifique a profundidade e relevo dos pneus, mantenha o alinhamento e calibragem em dia e faça a troca de pneus, optando preferencialmente por suporte especializado que você encontra nas concessionárias Scania. Lembre-se ainda de estar atento às trocas de óleo e demais cuidados de manutenção.

Como você pode ver, a multa por pneu careca é um problema fácil de ser evitado. Além de impactar diretamente no bolso do caminhoneiro, ele reduz o risco de problemas junto à fiscalização e minimiza a ocorrência de acidentes.

No dia a dia do motorista, devem prevalecer o cuidado com a saúde, o planejamento das atividades e o investimento em manutenção e, sempre que necessário, busca por suporte especializado.

Você quer evitar receber multa por pneu careca? Então entre em contato conosco e conheça mais sobre os nossos serviços de manutenção, venda de peças e outros.

checklist das peças de caminhão
Você também pode gostar

Deixe um comentário