Warning: time() expects exactly 0 parameters, 1 given in /home/blogwlmscaniaita/public_html/wp-content/plugins/rock-convert/inc/frontend/class-frontend.php on line 167

Freio estacionário e freio elétrico: entenda quando usá-los!

7 minutos para ler
Planilha Cálculo de FretePowered by Rock Convert

Você certamente já ouviu falar de freio estacionário e freio elétrico, mas será que entende bem as diferenças dessas tecnologias? É sobre esse assunto que pretendemos falar neste artigo. Acompanhe!

Quando a discussão envolve caminhões e veículos de carga, não há como negar que a tecnologia tem se mostrado cada dia mais presente nesse mercado. As fabricantes e montadoras investem alto na modernização dos veículos, embarcando diferentes recursos e equipamentos eletrônicos, com o objetivo de tornar as máquinas mais confortáveis, eficientes e seguras.

Nesse contexto, o que não faltam são exemplos de modernizações em sistemas presentes nos veículos pesados, como é o caso do tradicional freio estacionário que, hoje, vem sendo substituído pelo freio elétrico, mais moderno, seguro e inteligente.

Quer entender melhor o funcionamento desses sistemas, suas diferenças e vantagens? Preparamos este conteúdo para ajudar você!

O freio estacionário e suas vantagens

Inicialmente, é fundamental que você compreenda o que é o freio estacionário. Assim, de maneira simplificada, ele pode ser entendido como o mecanismo de freio de estacionamento comum, presente na maior parte dos caminhões e veículos de passeio que circulam atualmente.

Nos veículos de carga, o freio estacionário é aquele acionado de forma mecânica, a partir da ação de elementos pneumáticos. Por essa razão, o sistema depende da utilização de ar para operar corretamente.

Além disso, o freio estacionário ainda tem como uma das suas principais características a necessidade de acionamento manual pelo motorista, o que geralmente é feito por meio de uma alavanca no console central do caminhão — popularmente conhecida como “maneco”.

A grande vantagem desse sistema é a sua facilidade de manutenção. Como ele trabalha a partir de elementos mecânicos, se torna mais fácil identificar possíveis falhas e fazer a sua correção.

O funcionamento do freio elétrico

Além do freio estacionário convencional, com acionamento mecânico, hoje também já se fala em freio elétrico ou freio eletrônico que, como o próprio nome já diz, funciona a partir de um mecanismo de acionamento elétrico, e não mais pneumático, como é feito no freio estacionário.

O freio elétrico vem sendo cada vez mais adotado pelas montadoras, em razão das inúmeras vantagens que ele proporciona em termos de facilidade de uso, conforto e segurança. É importante destacar que, na verdade, esse modelo não é só elétrico, pois ele também trabalha associado a uma central eletrônica, que comanda o acionamento.

Assim, diferentemente da alavanca de acionamento do modelo de freio estacionário comum, o freio elétrico entra em ação a partir de um interruptor eletrônico — como um botão que fica integrado ao console ou painel do veículo, normalmente. Desse modo, ao acionar esse interruptor, o sistema envia um sinal para a central eletrônica que, por sua vez, aciona um motor elétrico que atua nos tambores de freio, fazendo a frenagem do veículo.

Principais vantagens do sistema de freio elétrico

Por se tratar de um mecanismo mais moderno, fruto do avanço da tecnologia, o freio elétrico apresenta uma série de benefícios em relação ao freio estacionário convencional. A seguir, destacamos alguns deles para você. Confira!

Maior inteligência

O freio elétrico, como dito, está associado a uma central eletrônica. Por essa razão, ele ganha diferentes funções que podem ser utilizadas de forma automática, sem a necessidade de interferência do motorista.

A exemplo, em veículos equipados com o freio eletrônico, caso o condutor resolva sair do caminhão e esqueça de acionar o freio de estacionamento, ao abrir a porta a central identifica a falha e aciona os freios automaticamente. Ou seja, é um recurso adicional de segurança.

Auxílio na frenagem em rampas

Outra vantagem do freio elétrico é a sua funcionalidade de auxílio nas arrancadas em rampa. Essa função evita que o veículo volte em subidas, fazendo o acionamento dos freios automaticamente, quando detecta que há o risco de o veículo voltar.

Comunicação com outros sistemas

O freio elétrico também tem como diferencial uma maior inteligência. Ele é capaz de se comunicar e interagir com outros sistemas do caminhão, tornando a rotina do condutor mais segura. Exemplo disso é a interação dos freios com o mecanismo do cinto de segurança.

Quando o motorista não pluga o seu cinto de segurança, a central eletrônica interpreta a situação e não permite que o freio elétrico seja destravado, obrigando o condutor a utilizar o cinto sempre que for sair com o caminhão.

Custo acessível

Diferentemente do que muitos podem acreditar, o freio elétrico não envolve uma alta tecnologia. Na realidade, o seu funcionamento é bastante simples: um interruptor elétrico que aciona a frenagem pelo sistema.

Por essa razão, esse tipo de equipamento é bastante acessível, não gerando um grande acréscimo no preço do caminhão. Além disso, a simplicidade e eficiência dessa tecnologia facilita bastante o processo de manutenção do caminhão, que não depende de altos custos e ações complexas.

Saiba quando cada um deve ser utilizado

O freio elétrico é indicado para diversas situações, tanto para veículos que operam fora da estrada quanto para aqueles que operam no transporte rodoviário. Embora o sistema eletrônico seja mais comum em veículos de uso rodoviário, nada impede que ele seja empregado em caminhões de grande porte, que são utilizados em situações específicas, a exemplo da mineração, da agricultura e do transporte de madeira.

Isso porque, em aplicações fora de estrada é muito comum a ocorrência de acidentes em razão de falhas no sistema de freio ou do próprio motorista. Com o freio elétrico, situações como o esquecimento de acionamento da manete do freio estacionário são eliminadas. Da mesma forma, o risco de que o caminhão volte em manobras realizadas em rampas é ainda menor com o freio elétrico, como vimos.

Conheça a WLM e como pode ajudar

A tecnologia é um diferencial cada vez mais valorizado no cenário dos transportes. Os avanços tecnológicos nos veículos têm se intensificado, agregando uma série de vantagens não só para os frotistas, mas também para os motoristas, para o meio ambiente e para o mercado logístico de forma geral.

Nesse sentido, o Grupo WLM, ciente da importância da inovação do cenário dos transportes, busca oferecer produtos, soluções e serviços que estejam alinhados com as necessidades dos motoristas e empresas do ramo, em termos de economia, segurança e modernidade.

Prova disso é que a empresa trabalha com os caminhões Scania, referência mundial em inovação e segurança. Assim, no que se refere ao tema deste artigo, todos os caminhões da marca Scania contam com a possibilidade do freio elétrico, além de um conjunto amplo de equipamentos eletrônicos que tornam a condução mais eficiente, segura e inteligente.

O diferencial do Grupo WLM é que toda a sua equipe trabalha focada em um único objetivo: oferecer soluções que sejam realmente aquilo que o cliente necessita, otimizando ao máximo o investimento, seja peças para caminhão, veículos, manutenção ou serviços de consultoria.

Por fim, todos os caminhões da Scania são projetados e adaptados para atender o mercado interno. Com isso, a marca garante o máximo aproveitamento da máquina, independentemente da sua aplicação. Além disso, os caminhões podem ser customizados da forma como o cliente desejar, inclusive quanto ao freio estacionário e freio elétrico. No mais, todos os vendedores do Grupo WLM são treinados e capacitados para oferecer a melhor experiência possível.

Gostou deste artigo? Tem interesse em levar inovação para a sua empresa? O Grupo WLM pode ajudar. Entre em contato conosco e saiba mais!

Controlar os custos das sua frotaPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-