Comprar um caminhão é um alto investimento, que, certamente, todo caminhoneiro quer fazer valer no momento de venda ou troca. Mas, para fechar um bom negócio na venda de caminhões, não basta cuidar do estado do veículo apenas na hora de vender: mantê-lo interessante para o mercado é um processo que começa desde sua compra.

Os cuidados com o seu caminhão devem ir muito além de manutenções corretivas e lavagens ocasionais. No post de hoje, aprenda como algumas práticas simples e regulares podem ajudar — e muito — na valorização da revenda de seu companheiro de estrada.

1. Fique atento à manutenção periódica

Um erro fatal, cometido principalmente por caminhoneiros autônomos, é levar o veículo para a oficina apenas quando ele apresenta algum defeito. Além de muito mais cara, a manutenção corretiva — aquela que cuida do problema quando ele já ocorreu —, é insuficiente para manter a boa conservação do veículo e assegurar a integridade física do caminhoneiro.

Quando se trata do seu caminhão e da sua vida, certamente é melhor prevenir do que remediar. Fique atento às datas indicadas para manutenção periódica e escolha lugares confiáveis para realizá-las, dando preferência para concessionárias especializadas.

2. Escolha peças originais no momento de troca

Tentar poupar na troca das peças é outra economia que pode sair caro, especialmente na hora de revender o seu caminhão. As peças originais são mais duráveis e confiáveis que as genéricas, e qualquer comprador interessado no seu veículo sabe disso. Na venda de caminhões usados, a preferência do consumidor é por veículos 100% originais, que têm maior garantia de qualidade.

Portanto, se for preciso trocar alguma peça do seu veículo, pense duas vezes antes de escolher uma alternativa mais barata — isso pode representar uma redução significativa no valor de revenda do seu caminhão e você ainda corre o risco de rodar com uma peça de má qualidade.

3. Faça lavagens regulares no exterior do veículo

Essa é uma dica básica, mas que nem sempre é observada por proprietários de caminhões — especialmente quando estão constantemente entre viagens. A lavagem não é apenas um cuidado estético com o seu veículo, mas também uma forma de conservar o bem por muito mais tempo.

Inevitavelmente, o seu caminhão está sempre sofrendo a ação de intempéries e da poluição das rodovias. Se essa sujeira não for removida de tempos em tempos, ela pode provocar danos à carroceria, o que diminui as chances de fazer um bom negócio na revenda. Além disso, ter um caminhão bonito e bem-apresentado é um dos maiores chamarizes para o mercado.

4. Dirija com cuidado

Sim, o modo como você dirige o seu caminhão também interfere diretamente no estado de conservação do veículo. Descansar o pé na embreagem, rodar com o tanque na reserva, fazer arrancadas e paradas súbitas, transportar carga excessiva e manter o veículo em aclives apenas com a aceleração são alguns hábitos que podem causar danos ao sistema de embreagem, ao motor, problemas de superaquecimento e trepidação.

Além disso, a prática de deixar o carro no ponto morto em declives é uma das piores inimigas da conservação do seu caminhão. Ao contrário do que muitos motoristas pensam, manter o carro desengatado ou descer com a embreagem acionada pode causar um gasto ainda maior de combustível e sobrecarregar os freios.

5. Higienize a cabine regularmente

Além da limpeza externa, que já recomendamos, é preciso ficar atento também às condições da área interna do seu caminhão. Especialmente durante viagens longas, sabemos que nem sempre é fácil manter a cabine em perfeito estado. No entanto, descuidar da higiene desse espaço pode acabar custando caro quando o assunto é venda de caminhões.

Procure mantê-la em um bom estado de conservação fazendo sua limpeza completa regularmente. Ter um pequeno aspirador portátil dentro do veículo pode ajudar na manutenção da limpeza, assim como uma escova macia para o carpete e panos limpos para os bancos. Crie também o hábito de levar sempre uma sacola para lixo dentro do seu caminhão, evitando deixar papéis, embalagens e restos de alimentos na cabine.

6. Não deixe de lado os pneus

É muito importante que o pneu do caminhão esteja sempre em forma para encarar as diversas condições que encontramos nas estradas brasileiras. Uma providência simples e fundamental para estender a vida útil do pneu e garantir a segurança do motorista e da carga é fazer uma calibragem adequada — sempre com os pneus frios.

Faça a calibragem a cada duas semanas e fique atento à recomendação do manual do veículo em relação ao peso da carga. Nesse momento, não se esqueça também de encher o estepe, que pode ser fundamental em caso de imprevistos. Além de contribuir para uma direção segura, calibrar os pneus também ajuda a economizar combustível.

Limpar os pneus regularmente e fazer o seu alinhamento e balanceamento a cada 10 quilômetros são outros cuidados que garantem seu bom estado e uma maior valorização do veículo.

Uma preocupação de todo motorista proprietário é que o caminhão sofra uma grande depreciação no momento da venda. A depreciação de qualquer veículo é inevitável, afinal, ela começa assim que o caminhão deixa a concessionária. No entanto, o cuidado com o veículo é capaz de minimizar esses efeitos e manter o seu caminhão interessante para o mercado na hora de vender ou trocar.

Ficar atento à manutenção periódica — que deve ser sempre feita em oficinas confiáveis —, investir em peças de qualidade, dirigir com cautela, manter o veículo sempre limpo e cuidar dos pneus são práticas simples e capazes de aumentar consideravelmente a vida útil do seu bem, o que gera bons negócios.

Os dois maiores erros cometidos por proprietários de caminhões são negligenciar a manutenção preventiva e tentar economizar nos cuidados com o veículo. Esse é um caso em que o barato pode sair caro no longo prazo, o que o proprietário vai sentir especialmente na venda de caminhões.

Se você não tem cuidado tão bem assim do seu caminhão, comece agora mesmo a colocar essas dicas em prática. Além de garantir a sua segurança, manter o seu instrumento de trabalho em ótimas condições será decisivo para fechar um bom negócio na revenda!

Quer se tornar um profissional ainda melhor e executar suas tarefas de forma mais eficiente? Baixe gratuitamente o nosso guia de capacitação para caminhoneiros e saiba mais!