Caminhão com câmbio automático: tire suas principais dúvidas!

7 minutos para ler
Planilha Cálculo de Frete

Embora não seja uma tecnologia recente dentro da indústria automotiva, o caminhão com câmbio automático só se tornou realidade no mercado nacional por volta dos anos 2000. Desde então, esse conceito de transmissão evoluiu bastante, se tornando muito mais eficiente, preciso e confiável.

Hoje, grande parte dos caminhões que são comercializados já saem de fábrica equipados com transmissões automatizadas. A tendência é que essa tecnologia se consolide cada vez mais nos transportes, principalmente em razão das suas vantagens em relação às caixas mecânicas tradicionais.

No entanto, apesar da difusão do caminhão com câmbio automático, dúvidas ainda são comuns em relação a essa tecnologia. Pensando nisso, convidamos o Joubert Brito, Gestor de Frota da WLM Itaipu, que é especialista no assunto, para esclarecer as principais questões sobre o tema. Acompanhe e fique por dentro!

Quais são os diferenciais do câmbio automático?

O câmbio automático ou automatizado certamente representa um dos grandes avanços da indústria automotiva do segmento dos transportes. Para se ter uma ideia, atualmente a maior parte dos veículos de carga utilizam caixas automatizadas. No caso da Scania, por exemplo, 100% da frota está equipada com essa tecnologia desde o ano de 2012.

O Joubert Brito destaca que os câmbios automatizados evoluíram muito com o passar dos anos. Hoje, a exemplo do Opticruise da Scania, existem câmbios altamente eficientes, inteligentes e confiáveis, capazes de entregar uma série de diferenciais e vantagens ao motorista e às empresas de transporte.

Nesse sentido, por exemplo, é possível destacar diferenciais como:

  • maior conforto na condução, já que não é mais necessário fazer o acionamento manual da embreagem;
  • aumento de performance, considerando que o câmbio automatizado é mais preciso e consegue trabalhar em faixas de giro ideais para cada situação;
  • alta confiabilidade, visto que está menos sujeito a danos e desgastes por mau uso, especialmente pelo fato de que o mecanismo é controlado eletronicamente;
  • aumento da segurança, ao operar de maneira integrada com o sistema de freio motor;
  • redução do consumo de combustível, uma vez que o sistema automatizado, quando operado corretamente, consegue fazer as trocas de marcha no momento certo, além de se adaptar rapidamente às condições da pista e de carga.

De forma geral, o câmbio automático representa um grande avanço nos transportes. A tendência é que essa tecnologia evolua cada vez mais e se consolide como o padrão em veículos de carga.

Quais os cuidados o motorista deve ter com essa tecnologia?

O Joubert Brito destaca que os cuidados que se deve ter com um caminhão com câmbio automático são basicamente os mesmos de qualquer outro tipo de câmbio. Ou seja, o motorista e o frotista devem realizar as manutenções preventivas de forma adequada, de modo a manter a máquina funcionando sempre nos padrões projetados pelo fabricante.

Além disso, é importante mencionar que mesmo em caminhões com transmissões automáticas ou automatizadas, a atuação do motorista é primordial. Isso porque, em determinadas situações, o condutor poderá antecipar reduções de marcha, por exemplo, ao perceber que essa medida será necessária.

De forma geral, em razão dos avanços tecnológicos, o câmbio automático é altamente eficiente e preciso, necessitando de poucas intervenções do motorista. Ainda assim, máquina e condutor precisam trabalhar em sintonia, extraindo o máximo desempenho, economia e performance do caminhão nas mais diferentes situações.

O câmbio automático consome mais combustível?

Essa afirmação poderia até ser verdadeira no passado. Contudo, considerando os câmbios automatizados mais modernos, como o Opticruise da Scania, não há alterações no consumo de combustível pelo simples fato de este estar equipado com uma caixa automatizada.

O Joubert Brito ainda pontua que, quando operado de maneira correta, o câmbio automatizado consegue oferecer até mesmo uma economia de combustível. Isso porque o sistema é capaz de trabalhar sempre com um nível de giro ideal, equilibrando de maneira muito mais eficiente performance e economia.

Por que ter um caminhão com câmbio automático?

Considerando os benefícios que um caminhão com câmbio automático é capaz de agregar ao dia a dia do motorista e, principalmente, às operações de uma empresa de transportes, há diversos pontos que justificam o investimento em veículos equipados com essa tecnologia.

O setor de transportes tem uma ligação direta com a tecnologia e com a inovação, visto que esse é um segmento que está sempre em busca de novas soluções e alternativas para otimizar custos, reforçar a sustentabilidade e aumentar a segurança.

Em todos esses quesitos o câmbio automático ou automatizado é capaz de gerar vantagem. Por isso, a tendência é que os caminhões com essa tecnologia se tornem o padrão em poucos anos. Logo, ao investir no câmbio automático desde cedo é garantia de aceitação dos veículos em uma possível revenda futura, por exemplo.

Além disso, não se pode deixar de destacar os benefícios do ponto de vista dos custos. Nesse sentido, o câmbio automático é capaz de minimizar custos com manutenções corretivas, como dito, pois está menos sujeito ao desgaste precoce e aos danos decorrentes de mau uso, por exemplo, já que sua operação é praticamente toda controlada eletronicamente.

No mais, existe a questão do conforto na condução, o que é algo especialmente vantajoso em operações rodoviárias de longa distância e, mais ainda, em operações repetitivas e fora de estrada, como em mineradoras, em que o motorista necessita fazer manobras de carga e desgasta com frequência, acionando a embreagem repetidamente, no caso de veículos com caixa manual.

Quais os modelos de câmbio automático da Scania?

Com o objetivo de atender de maneira precisa e eficiente as necessidades do setor de transportes, a Scania atualmente trabalha com diferentes modelos de câmbio. O principal deles, fabricado pela própria Scania e já bastante conhecido no mercado brasileiro, é o Opticruise, que se trata, na verdade, de um câmbio automatizado — ou seja, é uma caixa mecânica com comandos automatizados.

Além do Opticruise, a Scania também equipa seus caminhões com câmbios de terceiros, como os verdadeiramente automáticos da Allison, da ZF e da Voith, todas elas fabricantes de ponta, com uma grande confiabilidade e aceitação no mercado nacional e internacional.

Por fim, como vimos, o caminhão com câmbio automático oferece uma série de benefícios aos transportes. Por ser considerado uma evolução das transmissões mecânicas, essa tecnologia vem ganhando espaço no mercado, se tornando a principal opção nos veículos de carga para as mais diversas aplicações.

Gostou deste conteúdo e tem interesse em aproveitar os benefícios de um caminhão Scania com câmbio automático? A WLM pode ajudar você. Entre em contato e saiba como!

Controlar os custos das sua frota
Você também pode gostar

Deixe um comentário