Quais são os principais indicadores de crescimento da frota?

6 minutos para ler

É muito importante que o responsável pela gestão de frota entenda e utilize os principais indicadores de crescimento. Isso para ter uma noção de como está esse setor e se é necessário fazer mudanças e investimentos para que os caminhões consigam dar conta das encomendas a serem transportadas.

Neste texto você entenderá quais são os principais indicadores de crescimento de frota e como eles devem ser utilizados para o desenvolvimento desse setor, auxiliando indiretamente no crescimento de toda a empresa. Continue a leitura e confira!

Média de custo por manutenção

O primeiro ponto a se levar em conta no controle da frota é o custo médio por manutenção de cada caminhão. É importante entender se a sua frota está gastando mais do que deveria com reparos.

Um valor alto por manutenção pode significar que os seus caminhões estão apresentando defeitos com frequência e uma avaliação das causas para esse acontecimento deve ser feita.

Dessa forma, você conseguirá, por exemplo, definir que o modo como os motoristas estão dirigindo pode causar esses defeitos ou que uma peça de má qualidade está tendo a sua vida útil reduzida.

Você poderá pensar em diferentes maneiras para reduzir esse índice a fim de que, assim, o valor de manutenção da sua frota diminua, ao mesmo tempo em que ela fica sempre segura e em boas condições de uso.

Média de gastos em manutenção por motorista

Seguindo a linha do índice anterior, é interessante verificar quais são os motoristas dos caminhões que mais gastam com manutenção. Essa informação poderá indicar que algo está errado com o veículo que ele utiliza com mais frequência ou que a sua direção está causando danos aos caminhões.

Nesse segundo caso, é importante ensinar ao motorista a importância de uma direção defensiva e cautelosa, já que ele está colocando a sua vida risco, bem como a integridade da carga e também a segurança dos demais motoristas da estrada.

É fundamental ensinar atitudes como manter uma distância segura dos outros veículos na estrada, sempre utilizar o cinto de segurança, preferir estradas que estejam em uma melhor condição etc.

Dessa forma, será possível diminuir os gastos com manutenção da sua frota e o motorista conseguirá realizar um melhor serviço, não existindo a necessidade de contratar outro profissional.

Média de gastos em manutenção por caminhão

Assim como o motorista deve ser avaliado, o caminhão também precisa receber um olhar mais crítico em relação à quantidade de manutenções. É importante verificar esse valor para entender se um determinado veículo está apresentando defeitos acima do normal.

Nesse caso, podem existir diversas razões para que esse incidente ocorra, como o fato de o veículo estar velho demais ou apresentar alguma peça que esteja com defeitos constantes.

De qualquer maneira, vale levar o caminhão para uma análise profunda por parte do mecânico responsável, para que ele possa determinar a real causa do problema, bem como a melhor solução.

Em casos mais graves poderá ser preciso fazer a troca do caminhão por um modelo mais novo, havendo então a necessidade de pesquisar por um tipo que não apresente as mesmas falhas encontradas no seu antecessor.

Média de manutenções por motorista

É importante fazer um cálculo para determinar a quantidade de manutenções que um motorista faz por mês ou ano. Para fazer isso, apenas é necessário somar o número de manutenções de determinado período e dividi-lo pela quantidade de dias ou meses.

Por exemplo, caso um motorista tenha feito 5 manutenções em janeiro, 7 em fevereiro e 10 em março, ele terá uma média de manutenção mensal de 7,3. Dessa forma, será possível comparar as médias com as dos outros motoristas, bem como avaliar com o passar dos meses se esse valor subirá ou descerá, para que o gestor possa tomar as medidas necessárias.

Média de manutenções por caminhão

O mesmo acontece para a média de manutenções por caminhão. Sua média também pode ser tirada levando em conta a quantidade de manutenções que o veículo realizou em determinado período.

Por exemplo, caso o veículo tenha passado por 4 manutenções em janeiro, 2 em fevereiro e nenhuma em março, a sua média será de 2 manutenções por mês. Caso seja percebido que esse valor esteja diminuindo, significa que a atitude tomada pelo gestor resolveu o problema.

É muito importante sempre avaliar esses índices com periodicidade, já que eles podem variar e o gestor precisa estar atento para tomar as devidas medidas o mais rápido possível, a fim de diminuir os impactos dos problemas que podem ser gerados.

Média de quilometragem por litro

Não é apenas a manutenção do veículo que deve ser analisada para verificar se a sua frota está crescendo e dando conta das demandas oferecidas, mas também o comportamento na estrada mostra se a empresa está precisando de uma expansão.

Outra média importante é a de quilometragem por litro. Dessa forma, é possível saber quanto de gasolina os seus caminhões estão consumindo e se isso é adequado para o seu tipo de veículo.

Caso perceba que o seu caminhão está consumindo mais do que deveria, pode significar que ele está fazendo travessias muito longas ou até mesmo que exista um problema com a estrutura do veículo.

Faça um comparativo com os demais caminhões e verifique se a melhor maneira de resolver esse problema é por meio de uma análise feita por um mecânico ou pela troca da frota por um veículo mais econômico.

Esse índice pode ajudar bastante na redução de custos da empresa na área de frotas e logística, já que poderão ser estudadas maneiras de diminuir o combustível sem perder a rapidez e qualidade das entregas.

Depois de conhecer todos esses indicadores de crescimento e entender como avaliar e acompanhar a manutenção da sua frota, é importante sempre tomar medidas para garantir a integridade da carga e dos motoristas durante a viagem, seja por meio de manutenções preventivas ou da exigência de uma direção defensiva.

Gostou do texto? Então siga nossas páginas nas redes sociais e não perca nenhuma das nossas atualizações! Estamos no Facebook, Instagram e YouTube.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
Sair da versão mobile