Freio-motor: saiba quando e por que utilizar

freio-motor-saiba-quando-e-por-que-utilizar
6 minutos para ler
Planilha Cálculo de FretePowered by Rock Convert

Para quem tem um caminhão, é essencial estar por dentro de alguns cuidados e conhecer bem as funções do veículo, seja para se prevenir de acidentes ou até mesmo para conseguir reduzir os gastos. E uma dessas economias pode ser obtida sabendo usar o freio-motor!

Apesar de simples, muitos motoristas ainda não conhecem a maneira certa de utilizar esse recurso ou não sabem quando isso deve ser feito, o que faz com que o assunto fique cercado por mitos. 

Neste post, vamos explicar passo a passo quando e por que utilizar o freio-motor. Mostraremos também como é o seu funcionamento e qual o impacto que ele gera na economia de combustível. Continue a leitura para saber mais!

Como e quando usar o freio-motor

Como o nome já sugere, essa prática consiste em utilizar o motor para frear. Por meio dela, o veículo passa a não depender apenas do sistema de frenagem. Em vez de o condutor utilizar os pedais, ele faz o controle dessa velocidade pela redução gradativa das marchas do caminhão, deixando que o próprio propulsor do veículo auxilie na perda de velocidade, o que oferece mais estabilidade e maior controle da direção para o motorista.

Mas, como toda manobra no trânsito, esse recurso requer alguns cuidados e tem hora certa para ser usado. A estratégia é recomendada para longos declives ou para quando se observa uma condição de tráfego lento. Além disso, o condutor deve ficar atento ao contador de giros, intercalando a redução de marcha e o uso do pedal de freio para manter a rotação dentro do limite seguro, evitando a sobrecarga de temperatura. 

Outro cuidado que deve ser tomado é o de aplicar a técnica com o veículo engrenado. Fazer uso desse recurso com o caminhão em ponto morto pode gerar uma perda de controle e tração, levando ao risco de acidente.

Mitos e verdades

Mesmo com os benefícios de se usar o freio-motor, alguns motoristas ainda se mostram receosos em aplicar o método no dia a dia. Isso se deve ao fato de o assunto ser muito cercado de mitos e questionamentos referentes à integridade do caminhão.

Para sanarmos de vez essas dúvidas, vamos esclarecer cada uma delas e provar os benefícios que essa prática pode oferecer ao veículo.

Danos à caixa de marcha

Uma das questões mais levantadas pelos caminhoneiros em relação a esse assunto é que se usar o freio-motor gera algum tipo de prejuízo aos componentes do veículo, principalmente para a caixa de marcha.

Muitos ainda não utilizam o freio-motor com receio de danificar esse sistema. Porém, se usado de maneira correta — evitando uma redução brusca de velocidade —, não há qualquer tipo de risco a esse componente. Por isso, é importante estar sempre de olho no conta-giros, mantendo-o no nível ideal (que vem especificado no manual do veículo).

Superaquecimento do motor

Também muito presente entre os caminhoneiros, o medo de provocar um superaquecimento impede que muitos motoristas façam uso do recurso. Isso porque tal defeito pode oferecer grande prejuízo financeiro, com a retificação do motor, e em função do tempo que o caminhão fica parado. 

Mas o que poucos sabem é que, se os componentes do motor estiverem em bom estado e funcionando perfeitamente, as chances de superaquecimento por meio do freio-motor é praticamente nula, tendo em vista que a variação da temperatura é muito pequena.

Alguns ainda agem de forma imprudente retirando a válvula termostática, por acreditarem que essa peça não tem utilidade. Mas essa atitude provavelmente causará um superaquecimento quando o motorista precisar realizar subidas mais íngremes, por exemplo.

Coletores de escapamento

Outro mito que circula entre os condutores é de que o uso do freio-motor prejudica os coletores de escapamento. Devido ao ronco do motor ficar mais alto que o normal quando o recurso é usado de maneira errada, acredita-se que esses componentes ficam comprometidos, mas isso não acontece.

Na verdade, o caminhão só terá algum problema referente a essa peça se o coletor não for o adequado para o veículo, o que pode causar problemas aos pistões. Ainda assim, esse tipo de defeito não está relacionado ao uso do freio-motor, e sim à falta de manutenções regulares do caminhão.

Economia de combustível

Além dos benefícios já citados, outra vantagem de se usar esse recurso é a economia de combustível que ele proporciona para o caminhão. Isso é possível pois, quando o veículo está em uma descida, ele se mantém em um ritmo constante de movimento, que é limitado pela rotação do motor.

Com isso, o motorista detém o controle da aceleração e freio de acordo com a necessidade, gerando uma contrapressão dentro dos cilindros, que por sua vez corta a injeção de combustível, reduzindo o consumo.

 

Boas práticas para o uso do freio-motor

Apesar de trazer muitos benefícios para o caminhoneiro, para que seja possível usufruir do freio-motor de maneira eficiente, é imprescindível que o condutor tome algumas precauções em relação à mecânica do veículo.

Para isso, é essencial que o motorista realize sempre as manutenções periódicas e preventivas do caminhão. Dê preferência sempre pelo uso de peças de qualidade, além de ficar atento a trocas regulares de alguns componentes, como óleo e filtros de ar e combustível.

Outro ponto que deve ser rigorosamente seguido é a realização da calibragem da forma correta e a substituição dos pneus no momento adequado, além do alinhamento e balanceamento. Negligenciar esses fatores prejudica a estabilidade e a capacidade de frenagem do veículo, trazendo sérios riscos de acidentes graves.

Lembre-se de que é obrigação do condutor manter o veículo em boas condições de uso, com o intuito de preservar a própria segurança e a de todos à sua volta.

Como você viu no artigo, conhecer o freio-motor do veículo e saber precisamente como e quando usá-lo pode trazer benefícios para seu caminhão e para o bolso. Conhecer os mitos e as verdades sobre o assunto faz toda a diferença na hora de usar com segurança tal recurso. 

Gostou deste post e quer acompanhar as novidades sobre assuntos relacionados a caminhões? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das atualizações!

checklist das peças de caminhãoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

4 thoughts on “Freio-motor: saiba quando e por que utilizar

  1. Senhores boa tarde.
    Fico muito grato pela gentileza dos cursos, que me ofertaram estarei sempre disponível ao aprendizado.
    Tive a oportunidade em minha carreira de participar do curso para scania Opticruz,aí na Codema Scania Guarulhos o quanto este curso me acrescentou. E entender a importância da inovação, e tirar o chapeu para os engenheiro mecanicos pela sua inteligencia e percepção neste seguimento. Visando segurança ,conforto,e precisão para o transporte em caminhõoes.Só rogo a vcs Não passe vontade em me ter como aluno para mim sempre será uma hora na escala de (1) um á (10) voces são (11) Obrigado.
    .

    1. Olá Joseildo. É um prazer tê-lo conosco nessa caminhada. Se tiver interesse em nossos cursos entre em contato conosco. Estaremos prontos para te ajudar!

Deixe uma resposta

-