Entenda o que é o MOPP e por que ele é importante

6 minutos para ler

O mercado profissional está em constante transformação, e para quem trabalha como motorista não é diferente. No caso de dirigir veículos pesados não basta ter somente a liberação para dirigir. É necessário que os condutores da sua frota tenham outras habilidades e consigam certificações para melhorar a competitividade da sua transportadora. Entre algumas demandas está a Movimentação Operacional de Produtos Perigosos (MOPP).

Essa especialização é fundamental para carreteiros que pretendem transportar cargas perigosas, devendo ter cuidado redobrado com esse tipo de material para evitar imprevistos fatais, tanto para ele quanto para terceiros. Até mesmo a natureza pode sofrer com o impacto de um acidente com essas mercadorias, já que podem contaminar ar, água e solo. Quer saber tudo sobre o MOPP? Então prossiga com a leitura.

O que é o MOPP?

Como já dito, é uma certificação conseguida a partir de um curso de qualificação profissional para transportar produtos perigosos. Por meio do curso, os caminhoneiros aprendem tudo que precisam para serem mais cautelosos no trânsito ao transportar esses materiais, contribuindo para a redução de acidentes.

A formação de MOPP é administrada pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), conforme o Decreto 96.044/88. Ela contém entre 40 e 60 horas de duração. No geral, instrui os motoristas sobre como reverter situações delicadas no transporte de carga, como vazamento de produtos ou risco de explosão. Além disso, informa sobre diversos fatores de segurança, que envolvem a atividade.

Durante as aulas, os condutores contemplam demonstrações, acidentes fictícios e reais e participam de dinâmicas de grupo. Conheça outras abordagens:

  • ambiente e cidadania;
  • direção defensiva;
  • legislação de trânsito;
  • movimentação de produtos perigosos;
  • normas de segurança;
  • prevenção de incêndios;
  • primeiros socorros.

Importante: para motoristas que estão renovando o MOPP, o curso tem duração de até 16 horas.

Para quem o MOPP é indicado?

Esse tipo de treinamento para motoristas é obrigatório para quem pretende transportar produtos nocivos às pessoas e ao meio ambiente. Para se matricular, basta:

  • ter mais de 21 anos;
  • ter CNH nas categorias B, C, D ou E;
  • não estar em processo de cassação da carteira ou cumprindo pena;
  • não ter cometido infrações de trânsito graves ou gravíssimas nos últimos 12 meses.

A especialização vale por 5 anos. Após vencer o prazo é preciso renová-la, sendo que deve coincidir com a validade dos exames de sanidade mental e física do motorista que constam na CNH.

Quais produtos precisam do MOPP para serem transportados?

Existe uma classificação extensa sobre quais mercadorias perigosas necessitam do MOPP. Confira a lista a seguir:

  • explosivos: são produtos que produzem grande volume de calor e gases. Os compostos mais comuns são azida de chumbo, fulminato de mercúrio, pólvora e nitroglicerina;
  • gases: espalham-se com facilidade no ar e podem causar corrosão e riscos à saúde. Não apresentam cor ou odor, como é o caso da amônia, do cloro, do cianeto de potássio e do gás de cozinha;
  • líquidos inflamáveis: geram combustão em altas temperaturas, como álcool, gasolina e óleo diesel;
  • sólidos inflamáveis: são substâncias que, em transporte, se tornam inflamáveis por causa de atrito ou calor, como celulóide, enxofre, magnésio metálico etc;
  • produtos oxidantes e peróxidos orgânicos: liberam oxigênio e são capazes de causar incêndios, além de causarem irritações nas mucosas, olhos e pele. Exemplos são peróxidos de hidrogênio, de oxigênio, de butila e de benzoíla;
  • substâncias tóxicas e infectantes: podem prejudicar a saúde mesmo em baixas concentrações. Exemplos são pesticidas e lixos hospitalares;
  • materiais radioativos: são usados no setor industrial e hospitalar. Liberam muita energia em forma de radiação. Somente contêineres blindados inibem o problema. Exemplos são Césio 137, Cobalto 60 e Urânio 235;
  • corrosivos: liquida ou sólida, essa substância pode corroer a pele. Os tipos mais comuns são ácido sulfúrico, ácido clorídrico e hidróxido de sódio;
  • artigos perigosos diversos: inclui produtos que não se enquadram nos itens anteriores, mas que apresentam riscos durante o transporte, como baterias de lítio, dióxido de carbono sólido e óleos combustíveis.

Qual a destinação final de cargas perigosas?

Existem locais apropriados para se despejar cargas perigosas e formas específicas de tratamento. Essa instrução é transmitida para todos os profissionais que cursam o MOPP. Conheça os principais pontos de despejo:

  • aterro sanitário;
  • aterro industrial;
  • compostagem;
  • coprocessamento;
  • incineração;
  • tratamento físico-químico;
  • tratamento biológico.

Quais são os documentos obrigatórios para a circulação de produtos perigosos?

É preciso providenciar os documentos certos para transportar cargas perigosas. Conheça quais são.

Documentação do motorista:

  • CNH;
  • RG;
  • certificado do curso de Transporte de Produtos Perigosos (TPP);
  • certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV);
  • certificado de Inspeção para o Transporte de Produtos Perigosos a Granel (CIPP).
  • documentação do caminhão (Renavam e IPVA);
  • seguro obrigatório.

Documentação da carga:

  • certificado de registro da Polícia Federal ou licença de funcionamento (conforme a necessidade);
  • declaração do expedidor de material radioativo;
  • documento fiscal;
  • ficha de emergência;
  • ficha de monitoração da carga e veículo;
  • guia de tráfego;
  • Requisição de Transporte (RT).

Qual a importância do MOPP?

A relevância do MOPP é sentida por meio das vantagens conseguidas, que são:

  • valorização do salário do condutor;
  • rápida colocação no mercado de transporte por conta do baixo número de pessoas qualificadas;
  • diminuição de acidentes de trânsito e ambientais;
  • redução de multas por falta de especialização.

Além disso, a transportadora que oferece esse tipo de serviço pode ganhar destaque na região, desde que faça um trabalho seguro e eficiente.

Como fazer esse tipo de curso?

O MOPP é um dos diversos cursos gratuitos para condutores que são oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) e Serviço Social do Transporte (SEST). Basta acessar o site para encontrar o curso relacionado ao seu estado.

Após o término das matérias, é preciso ter aprovação mínima de 70% por meio da prova teórica. Ao conseguir a nota estipulada, o certificado é emitido e lançado no prontuário do Detran em até sete dias úteis.

Ao saber o que é MOPP e compreender a obrigatoriedade dessa certificação, vale mencionar que o transporte de produtos perigosos é fiscalizado com rigor. Logo, as medidas preventivas existem para diminuir ao máximo os acidentes de carga e manuseio inadequado de substâncias nocivas ao ecossistema e ao condutor.

Se você achou este material útil e quer ficar por dentro de novidades a respeito do universo do transporte de cargas, siga nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
Sair da versão mobile