Aprenda como prolongar a vida útil dos pneus do caminhão!

vida útil dos pneus
7 minutos para ler
Planilha Cálculo de FretePowered by Rock Convert

Além de ser um dos componentes que mais interferem na segurança e conforto da viagem, os pneus são também um dos itens que mais pesam no orçamento do caminhoneiro. Afinal, a depender do modelo de caminhão, podemos estar falando de um conjunto de mais de trinta deles. Por essa razão, prolongar a vida útil dos pneus do caminhão é certamente uma necessidade no dia a dia na estrada.

Pensando em ajudar você a tornar as suas viagens mais tranquilas e econômicas, preparamos este post com informações valiosas sobre como aumentar a durabilidade dos pneus do seu pesado. Para isso, apontamos alguns cuidados que você deve adotar antes, durante e após toda viagem.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e confira o que preparamos para você!

Importância da manutenção dos pneus

Como qualquer outro componente existente no caminhão, os pneus também demandam a atenção do motorista. No entanto, devido às condições precárias das rodovias brasileiras somadas à grande quantidade de carga que o veículo leva, os pneus ficam submetidos a condições bastante desgastantes ao longo das viagens, motivo pelo qual é ainda mais importante checá-los com frequência.

Esse olhar mais atento elimina uma série de riscos durante os deslocamentos, tais como:

  • circular com pneus furados;
  • não notar avarias na estrutura do pneu e que pode fazer com que ele estoure;
  • não identificar o desgaste irregular etc.

Além disso, a manutenção dos pneus é primordial para o conforto, segurança e custos das viagens. Sabemos que esse componente está diretamente associado à dirigibilidade do caminhão, logo, é muito importante garantir que todo o conjunto esteja em boas condições, oferecendo total segurança para o motorista e terceiros que circulam nas rodovias.

Além disso, vale mencionar que a manutenção dos pneus também interfere na lucratividade do caminhoneiro. Isso porque, esse é um item bastante caro e que representa uma grande parcela dos custos das viagens. Por isso, é essencial cuidar para que os pneus apresentem uma durabilidade maior e não tenham que ser reparados ou substituídos antes do tempo.

Como prolongar a vida útil dos pneus do caminhão

Quando assunto é aumentar a durabilidade dos pneus, existem diferentes ações que podem — e devem — ser realizadas por você, motorista, antes, durante e depois das viagens. Nesse ponto, adotar uma postura mais preventiva, procurando identificar eventuais problemas e riscos é o mais indicado não só para reduzir os custos com a manutenção e substituição dos pneus, mas para aumentar a sua segurança e dos demais que trafegam pelas estradas.

Por essa razão, a seguir listamos alguns cuidados que ajudarão você a prolongar a vida útil dos pneus. Acompanhe!

Manter o caminhão sempre alinhado e balanceado

Esse é um dos cuidados mais básicos para a manutenção dos pneus de um veículo, porém é também um dos mais importantes. O alinhamento e o balanceamento dos pneus é o que garante que esse componente estará trabalhando em condições ideais ao tocar o solo.

Ou seja, o alinhamento garante que os pneus estão perfeitamente alinhados, formando uma linha paralela entre si e um eixo perpendicular exato com o solo. É isso que manterá o veículo em linha reta e evitará qualquer desgaste irregular e prematuro da banda de rodagem.

O balanceamento, por sua vez, é o ajuste responsável por manter o conjunto de pneus sem qualquer tipo de trepidação excessiva e que pode atrapalhar a dirigibilidade do veículo.

Ter atenção à calibragem

Outra medida essencial para aumentar a durabilidade dos pneus é garantir que eles sempre estejam com a calibragem certa. Hoje, grande parte dos veículos de carga já possuem sistemas automatizados que cuidam da calibragem de todos os pneus, o que ajuda bastante o motorista a ajustá-la às condições de pista e carga conforme a necessidade.

No entanto, se o seu veículo não possui esse tipo de recurso, é preciso fazer uma checagem periódica manual, pelo menos uma vez por semana. Além disso, ao longo da viagem é indispensável avaliar os pneus, batendo em cada um deles com o martelo de borracha para identificar se estão com a pressão correta.

Observar os indicadores de desgaste

O desgaste prematuro e irregular dos pneus é um dos pontos que mais prejudicam a vida útil desse componente. Os motivos desse problema podem ser de diferentes ordens, como desbalanceamento, calibragem inadequada e má distribuição da carga pela carroceria do caminhão.

Nesse sentido, é muito importante que você avalie os indicadores de desgaste existentes nos próprios pneus. A primeira checagem pode ser feita com a simples análise dos sulcos e frisos da banda de rodagem. O ideal é que eles estejam com a mesma profundidade, pois isso indica um desgaste regular.

Outra forma é usar os indicadores afixados na superfície dos pneus, geralmente na lateral. As próprias fabricantes já os coloca para ajudar o motorista nessa avaliação. Então, vale a pena ficar atento a eles também.

Fazer o rodízio dos pneus

Como um desdobramento do tópico anterior, uma das maneiras de minimizar o problema de desgaste irregular dos pneus é fazer o rodízio deles. Essa ação é importante mesmo que o caminhão esteja devidamente balanceado e sempre com a calibragem correta. A verdade é que as condições de relevo das estradas acabam causando um desgaste irregular, especialmente quando o motorista faz a mesma rota com frequência.

Assim sendo, a recomendação é alternar os pneus de posição de tempos em tempos, visando uniformizar o desgaste deles. Vale lembrar, no entanto, que os pneus que tracionam o caminhão desgastarão mais rapidamente, já que recebem um stress e atrito mais intenso.

Evitar manobras fechadas com o caminhão

Essa é, sem dúvida, uma das medidas que mais contribuem para a saúde dos pneus do seu caminhão. Afinal, você já deve ter notado o quanto eles sofrem quando o veículo é manobrado em espaços mais curtos.

O que acontece é que manobras muito fechadas fazem com que os pneus se desloquem em sentido lateral, literalmente se arrastando. Em veículos de grade porte, como carretas e bitrens, esse tipo de manobra é ainda mais prejudicial e pode acelerar o processo de desgaste.

A dica, então, é sempre evitar manobrar em locais apertados. Sabemos que muitas vezes é preciso, já que o cliente está localizado em zonas urbanas, onde o espaço é mais restrito para caminhões. No entanto, sempre que possível, busque área mais abertas, nas quais pode manobrar com uma certa folga.

Como vimos, prolongar a vida útil dos pneus não é nenhuma tarefa complexa. Na verdade, o que é preciso mesmo é uma mudança de postura por parte do motorista, adotando práticas preventivas. Os pontos citados certamente ajudarão você nessa tarefa e, de quebra, ainda farão com que você poupe um bom dinheiro com a manutenção dos pneus do seu caminhão.

Então, gostou deste artigo? O que acha de compartilhá-lo nas suas redes sociais e contribuir para mais motoristas se beneficiem das boas práticas apresentadas? Compartilhe!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
checklist das peças de caminhãoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-