Se você pensa que treinamento só é necessário para caminhoneiros que trabalham em transportadoras, se enganou completamente, pois a capacitação de motoristas deve fazer parte de qualquer pessoa que realiza esse tipo de serviço.

Portanto, se você pretende fazer a diferença e ser mais competitivo, deve aprender normas de conduta específicas dessa profissão. Só assim será possível reduzir custos e garantir sua própria segurança, bem como de terceiros.

Mas, quais são as melhores formas de capacitação? Pensando nisso, listamos, neste post, as principais metodologias que poderão te auxiliar nesta empreitada. Boa leitura!

A importância da capacitação de motoristas

A conduta do motorista é somente um dos problemas que podem resultar em uma má direção. Ocorrências de gastos demasiados com combustíveis, infrações e acidentes são outros exemplos.

Ser um caminhoneiro experiente não deve ser sua única preocupação. É necessário também buscar treinamentos para enfrentar todos os tipos de situações possíveis. A diminuição de custos com manutenção preventiva e corretiva de caminhões é um dos temas que têm de ser abordados durante esse processo.

Ao fazer isso, será possível garantir uma condução mais cuidadosa, que, em pouco tempo, irá gerar uma grande economia para o seu bolso, especialmente, com diesel e reparos diversos.

É claro que defeitos comuns — como pneus gastos ou deteriorados, freios desregulados, retrovisores deficientes, lâmpadas e faróis queimados — podem causar acidentes graves e também gerar multas e autuações.

No entanto, vale acrescentar que um condutor capacitado se assegura de que revisões do caminhão estão sendo realizadas conforme o recomendado, o que pode aumentar a vida útil do veículo. Em outras palavras, se você tomar esse tipo de cuidado reduzirá seus gastos consideravelmente.

Os melhores métodos para capacitação de motoristas

As metodologias que serão abordadas nos próximos tópicos englobam três assuntos: teoria, técnica e questões comportamentais. Alguns cursos são obrigatórios pelas agências reguladoras — o de direção defensiva, por exemplo —, por isso, considere a legislação do ramo em que atua.

Conheça a seguir alguns exemplos de cursos de condutores de caminhão. São eles:

Treinamentos em simuladores

Essenciais para a reciclagem e capacitação de motoristas, esse tipo de treinamento apresenta uma experiência próxima às que são vividas nas estradas, em um ambiente seguro e controlado.

Ao fazê-lo, você estará apto a conduzir o veículo com mais segurança, já que saberá exatamente como manejá-lo. Os simuladores podem expor as especificidades de direção econômica, de diversos modelos de caminhões, de situações emergenciais, entre outras.

É possível encontrar o serviço em órgãos do SENAT (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) de forma gratuita. Já as transportadoras podem desenvolver seus próprios simuladores ou contratar instituições privadas que oferecem o treinamento a preços variados.

Cursos de direção defensiva

Infelizmente, 90% dos acidentes de trânsito acontecem por falha humana — seja por falta de competência ou descuido.

A direção defensiva é um método criado para combater essa estatística, capacitando o motorista para dirigir em condições adversas e para identificar suas limitações e as do caminhão. O curso também ajuda a diminuir riscos e os costumes inadequados que podem atrapalhar a direção.

Programa SASSMAQ (Sistema de Avaliação em Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade)

Nada mais é do que um programa de avaliação elaborado pela ABIQ (Associação Brasileira de Indústrias Químicas). Ele é necessário para a certificação de frotas responsáveis pelo transporte de materiais químicos.

Apesar de não ser obrigatório, é um documento fundamental para garantir a competitividade e o licenciamento dos que transportam esse tipo de carga.

O certificado é concedido após dois procedimentos importantes: treinamento específico e auditoria. Depois disso, o motorista estará apto transportar produtos químicos com mais segurança, diminuindo os riscos de acidentes.

Curso MOPP (Movimentação Operacional de Produtos Perigosos)

Esse curso é obrigatório para aqueles que transportam produtos químicos e de alta periculosidade. Ele pode ser lecionado pelos departamentos de trânsito do Estado ou por entidades a eles conveniadas.

Dentre os conhecimentos que o motorista terá com esse método estarão as práticas mais adequadas em caso de emergência e como ter uma conduta preventiva, além de outras matérias recomendadas pela resolução do Conselho Nacional de Trânsito.

Curso de manutenção e segurança

Este método não tem a intenção de tornar o motorista “expert” em mecânica e sim ajudá-lo a detectar e corrigir pequenos problemas. Ter esse conhecimento será crucial para solucionar ocorrências básicas, como trocas de fusível, fluídos, lâmpadas e pneus.

Orientações sobre direção econômica

Alguns procedimentos de direção podem reduzir o consumo de combustível e conservar determinadas peças do veículo. Essas técnicas eliminam vícios de direção, como pisar com muita força no acelerador, andar com o caminhão “na banguela” e não trocar a marcha na hora certa.

Apesar de simples, mudar essas condutas é muito importante. A direção econômica é uma grande aliada da redução de custos com manutenção.

Os principais benefícios da capacitação de motoristas.

Facilidade no planejamento de rotas

A capacitação de motoristas faz conhecer melhor as rotas e trajetos, o que torna possível planejar melhor as ações nas rodovias, como:

  • evitar acidentes, excesso de velocidade, infrações;

  • identificar os melhores locais para parada;

  • encurtar o tempo de entrega.

Torna a renovação do seguro mais barata

Como você já deve saber, os seguros cobrem o veículo contra diversos sinistros. No entanto, muita gente desconhece que as seguradoras consideram outros fatores além do ano e modelo do caminhão no momento de estipular o valor da alíquota.

O comportamento do condutor é um aspecto decisivo no preço do seguro. A título de curiosidade vale citar que o seguro para mulheres com idade acima de 25 anos e abaixo de 65 é bem mais em conta, pois se espera que esse perfil dirija com mais prudência.

Isso ocorre porque, geralmente, grande parte dos acidentes no trânsito envolve homens, tanto jovens quanto idosos.

As empresas seguradoras também checam o histórico dos motoristas. Por exemplo, se você é cauteloso na estrada e não se envolveu em nenhuma ocorrência durante o ano, pode conseguir um desconto de 10% na hora da renovar o seguro. Alguns estabelecimentos até oferecem valores exclusivos se forem comunicados que o curso de capacitação de motoristas foi realizado.

E então, gostou deste conteúdo? Aproveite e aprimore seus conhecimentos baixando o nosso Guia de Capacitação de Caminhoneiros!