É claro que cada peça e recurso do seu caminhão é importante, mas você já parou para pensar em como os pneus são a base de todo o veículo? Sem eles não dá para rodar pelas estradas e, quando eles estão danificados ou com qualquer problema, a direção torna-se perigosa, arriscada e complicada.

Por isso, é fundamental que você saiba quando trocar o pneu. Caso você deixe esse momento passar batido, descobrirá que a integridade dos seus está comprometida apenas quando for tarde demais. Aí, a substituição será muito mais complexa — e isso sem falar nas grandes chances de acidentes, até mesmo fatais, que você corre nesses casos.

Pensando nisso, no post de hoje, trazemos os principais sinais que indicam que chegou a hora de trocar o pneu. Ao conhecê-los, você saberá ler melhor seu caminhão e não errar com os cuidados em relação a esse item tão fundamental. Continue a leitura e fique de olho!

1. Desgaste

O primeiro sinal no qual você deve ficar de olho é no desgaste dos pneus. Ele abre nossa lista porque é relativamente fácil perceber isso, e também por ser um dos tipos de danos mais comuns e perigosos.

Outro fator que reforça sua importância é o fato de que, como o desgaste tem início de maneira suave e vai piorando aos poucos até alcançar um nível crítico, manter-se atento a ele ajudará você a perceber quando trocar o pneu com antecedência, antes que ele se torne um problema muito grande.

Você deve verificar o nível de desgaste dos pneus com frequência, pois não é possível definir uma quilometragem exata antes que seja necessário trocá-los. Isso porque a integridade deles depende de muitos requisitos, como os tipos de terrenos pelos quais você roda, a qualidade da manutenção do veículo e até mesmo seu estilo de direção.

Para facilitar, os pneus contam com um indicador de desgaste dentro dos sulcos de sua superfície. Quando esse indicador se encontrar na mesma altura da banda de rodagem — ou seja, quando os sulcos estiverem reduzidos à profundidade mínima de 1,6 milímetro —, faça a troca dos pneus o quanto antes.

Muitas vezes, o desgaste ocorre em regiões isoladas do pneu e, em outras, indica outros danos no caminhão. Dois casos comuns nesse sentido são o desgaste em uma das laterais, que pode significar que a roda está desbalanceada ou mal alinhada. Se o problema for em ambas as laterais, o problema deve ser que os pneus estão excessivamente inflados.

2. Envelhecimento dos pneus

Como já adiantamos no tópico anterior, é difícil determinar com precisão e de forma padronizada quanto tempo um pneu pode durar, já que cada caminhão expõe essas peças a diferentes condições de temperatura, manutenção, terreno, pressão, segurança etc.

Sendo assim, os sinais de envelhecimento do pneu podem aparecer a qualquer momento, fazendo com que você deva permanecer atento de maneira contínua. De qualquer forma, como os pneus não têm uma vida útil predeterminada, após cerca de cinco anos de uso, eles devem ser inspecionados, no mínimo, uma vez por ano.

3. Furos visíveis

Furos costumam ser um sinal preocupante de que chegou o momento de trocar o pneu. Afinal, os pneus modernos trazem uma alta resistência e durabilidade e, por isso, o fato de eles apresentarem furos pode significar que outros danos, menos visíveis, também ocorreram.

Os furos nos pneus podem acontecer por causa de diversos motivos, como o próprio desgaste da borracha ou as condições de determinada estrada por onde você passou.

Portanto, se notar que algum dos seus pneus foi perfurado, o recomendado é levá-lo a um especialista de confiança, para que ele avalie se há uma possibilidade de reparo ou se, por causa de outros danos ocasionados pelo furo, a melhor opção é efetuar a troca.

4. Danos causados pelas condições da estrada

Como já deu para perceber, as estradas pelas quais você roda e até mesmo o jeito com que você dirige afeta bastante o estado dos pneus. Por isso, as más condições das estradas, principalmente se elas tiverem buracos, podem causar muitos danos.

Nesse sentido, o mais recomendado é que você procure sempre trafegar por espaços em boas condições, que não tragam muito impacto aos pneus. Mas, como isso nem sempre é possível, lembre-se de sempre checar o estado de cada pneu depois de trajetos em estradas que apresentem más condições, especialmente buracos.

5. Inchaços ou bolhas

Quando o pneu apresenta inchaços ou bolhas na lateral, isso é sinal de que o quadro interno da peça encontra-se comprometido, provavelmente rachado. Dessa forma, a pressão do ar acaba alcançando as camadas externas, que são flexíveis.

Esse é um dos vários danos que podem acontecer depois que o caminhão passa por buracos na estrada, por exemplo. Outra situação que leva a esses inchaços é rodar com baixa pressão nos pneus.

Continuar dirigindo com um pneu inchado na lateral é extremamente perigoso, pois esse dano é um sintoma de que a integridade estrutural da peça encontra-se consideravelmente reduzida. Assim, há chances de falha súbita e até mesmo de explosão, especialmente nos momentos em que você dirigir nas estradas, onde a velocidade costuma ser alta.

Por isso, caso você perceba esse problema em qualquer um dos seus pneus, a troca deve ser efetuada imediatamente — mesmo que, nos demais pontos que listamos aqui, ele encontre-se em perfeito estado de conservação.

Viu só? É fundamental que você saiba exatamente quando trocar o pneu, essa peça tão imprescindível para que você possa dirigir com segurança e eficiência. Assim, você garante a integridade do seu caminhão como um todo e, também, preserva a sua vida e a de todos que dividem as estradas com você.

Portanto, além de ficar atento aos sinais que apontamos no post de hoje, é muito importante que você mantenha a manutenção do seu veículo, inclusive dos pneus, em dia. Isso vai permitir que qualquer problema seja identificado a tempo de que algo possa ser feito, sem colocar a sua segurança e a integridade do caminhão em um risco tão grande.

E então, gostou de descobrir os sinais de quando trocar o pneu? Quer mais dicas para a vida e o trabalho na estrada? Assine nossa newsletter gratuita e receba todos os nossos posts diretamente na sua caixa de entrada!