Quem vive na estrada, sabe como é complicado manter a forma. Porém, mesmo em trânsito constante, é fundamental encontrar maneiras de cuidar da saúde do caminhoneiro, mesmo que para isso seja necessário fazer alguns improvisos.

Se você trabalha ao volante de um caminhão, certamente sabe que nem sempre é possível dormir em hotéis confortáveis, dispondo de estruturas como academias, alimentação saudável etc. Aliás, até mesmo encontrar um hotel, por mais simples que seja, pode ser uma tarefa complicada.

Neste post, você vai conhecer 5 exercícios que você pode fazer contando com poucos equipamentos. Com um pouco de criatividade, é possível manter a forma e a saúde em dia. Vamos lá?

Conheça os 5 exercícios para mante a saúde do caminhoneiro

1. Alongamento

O caminhoneiro passa muitas horas na estrada, sentado, na mesma posição. Hoje em dia até já existem caminhões com ótima ergonomia e mais bem preparados para enfrentar a jornada. Mas, mesmo nesses casos, é importante ficar atento à saúde.

O alongamento é uma das atividades mais simples e importantes para que você mantenha a sua saúde em dia. Alongar os músculos periodicamente faz com que você movimente o seu corpo, relaxe a musculatura e se previna de lesões por esforço repetitivo e de dores na coluna.

Para fazer um bom alongamento, você pode usar a própria estrutura do seu caminhão. Os pneus traseiros têm a altura ideal para você posicionar os pés sobre eles e alongar os músculos das pernas.

Para os braços, você pode usar as quinas da carroceria e também pode esticá-los, aproveitando a altura da caçamba.

Paradas estratégicas

O alongamento deve ser feito a cada parada que você fizer para descanso. Não deixe de parar periodicamente, tanto para fazer refeições, quanto para dormir, faça isso tanto de dia quanto de noite.

Ao parar, desça do caminhão e faça um alongamento completo em todo o corpo. Mantenha a posição para cada membro por, pelo menos, um minuto.

2. Corrida

Dizem por aí que a corrida de rua é o esporte mais democrático que existe. Afinal de contas, com um bom par de tênis e uma muda de roupas esportivas leves, você já consegue praticá-la. Bem, se você tem toda a estrada à sua disposição, que tal reservar um tempinho para fazer exercícios nela?

A corrida é um esporte excelente para qualquer pessoa, pois acelera os batimentos cardíacos, diminui o peso e reduz os índices de colesterol, além de ajudar no combate a doenças como diabetes, hipertensão e outras.

Se você conseguir passar a noite em um hotel, verifique se ele fica perto de algum lugar no qual você possa fazer uma corrida leve no dia seguinte. Se for na estrada, use o acostamento. Se for em alguma cidade, fique na calçada.

Não é necessário que você saia correndo como um maratonista. Uma corrida em ritmo moderado, por pelo menos uma hora, já será de grande valia para a sua saúde.

Só fique atento para não começar a se exercitar antes de procurar um cardiologista e realizar um check-up completo.

3. Pular corda

Você se lembra do primário, quando brincava de pular corda? Pois é, a velha brincadeira transformou-se em um exercício muito indicado por profissionais de educação física. Trata-se de uma atividade muito eficiente, prazerosa e simples de fazer em qualquer lugar.

Para isso você só precisa de uma corda adequada. Para saber o tamanho correto, fique de pé e pise no meio da corda, segurando as extremidades com as mãos. Ao esticar as pontas da corda para cima, elas devem ficar na altura da sua cintura.

Não há grandes orientações em relação à prática do exercício. O ideal é que você faça séries de, no máximo, 10 minutos por dia, no início. Comece pulando devagar e pare sempre que se sentir muito cansado.

Se você estiver muito acima do peso, o ideal é buscar perder a gordura extra com algumas caminhadas primeiro. Depois, evolua para as corridas e só depois comece a pular corda. Isso porque, esse exercício, exige um pouco mais das articulações dos joelhos.

O exercício de pular corda ajuda a queimar calorias e fortalece a musculatura das pernas, importante para quem passa muito tempo do dia manejando os pedais do caminhão.

4. Abdominais

Você sente dor nas costas depois de muito tempo ao volante? Pois a razão pode estar no seu abdômen. Isso mesmo! A musculatura abdominal é responsável por manter o equilíbrio de todo o corpo e se ela estiver atrofiada, a sua coluna pode sofrer.

Esse é um dos motivos pelos quais as pessoas buscam praticar aulas de pilates: fortalecer a musculatura do abdômen e ganhar equilíbrio para o resto do corpo.

Bem, você não precisa conseguir uma barriga sarada como a dos modelos. Mas é possível fazer alguns exercícios para desenvolver um pouco os músculos dessa área.

Procure levar, no caminhão, um colchonete pequeno, que você possa colocar no chão do quarto do hotel. De repente, se for um lugar seguro, use algum espaço que esteja sobrando no próprio compartimento de carga do caminhão.

Faça pelo menos 3 séries de 50 abdominais por dia, cuidando para não ter desvios na coluna. Se for o caso, você pode adquirir um aparelho especial para este exercício. Ele ocupa pouco espaço e facilita a ergonomia.

5. Exercícios com elásticos

Caminhoneiros não têm tempo para ir à academia, certo? Mas você pode improvisar um pouco e levar pelo menos uma parte da academia com você. Com uns 3 ou 4 elásticos, você pode aproveitar a estrutura externa do caminhão para fazer movimentos que se assemelham aos proporcionados pelos aparelhos de ginástica.

Prendendo os elásticos na carroceria, você pode exercitar os braços, fortalecendo músculos como bíceps e tríceps. Também é possível exercitar o peitoral e as pernas, fortalecendo os músculos que protegem o joelho, evitando lesões durante as corridas.

Viu só como não é difícil se exercitar e manter a saúde em dia na estrada? Com essas dicas você não tem desculpa e pode começar a malhar imediatamente! Se você gostou deste conteúdo sobre saúde do caminhoneiro, aproveite para compartilhá-lo com seus amigos, nas suas redes sociais!