Warning: time() expects exactly 0 parameters, 1 given in /home/blogwlmscaniaita/public_html/wp-content/plugins/rock-convert/inc/frontend/class-frontend.php on line 167

Veja os principais cuidados com a suspensão do caminhão

suspensão do caminhão
9 minutos para ler
Planilha Cálculo de FretePowered by Rock Convert
Vamos falar sobre a suspensão do caminhão? Se você já teve problema com esse sistema, é provável que saiba o quanto ele é essencial para a estabilidade e conforto durante as viagens.

O que muitos caminhoneiros não sabem é como garantir o bom funcionamento da suspensão e aumentar a sua vida útil. A boa notícia é que preparamos este post repleto de dicas e informações sobre o tema.

Quer aprender a cuidar melhor da suspensão do caminhão? Continue a leitura!

O que é e como funciona a suspensão do caminhão?

A suspensão é um sistema de absorção de impactos. Sua função é manter o pneu em contato com o solo de maneira estável e constante, garantindo estabilidade e produtividade para o veículo.

Vale a pena destacar que a suspensão de um caminhão é diferente das encontradas em veículos de passeio e, por isso, merece cuidados especiais. No caminhão, a suspensão mecânica, por exemplo, é composta por um feixe de molas semielípticas — também conhecidas por lâminas.

O funcionamento é bem simples de se compreender. Sempre que o veículo passa por uma ondulação ou buraco na estrada, os feixes arqueados absorvem o impacto e são esticados. Com isso, as vibrações são reduzidas e o sistema consegue manter a estabilidade, principalmente no transporte de cargas pesadas.

A seguir, você entenderá melhor como funciona cada uma das partes que atuam no sistema de suspensão de um veículo, além da importância de cada uma para garantir a sua estabilidade.

Mola

As molas fazem o papel de reduzir os impactos causados pelas irregularidades da pista na qual caminhão trafega, como buracos, obstáculos e quebra-molas. Sem elas, o caminhão absorveria diretamente essa mudança brusca nas rodas, o que causaria defeitos ao veículo.

É possível encontrar molas de dois principais tipos: helicoidal ou feixe molas. A mola helicoidal é formada por uma única barra de aço “enrolada” em um eixo invisível. Seu papel é absorver os impactos recebidos pelos obstáculos da pista.

Já o feixe de molas é um pouco diferente, formado por diferentes barras de ferro semicurvadas. Elas também são chamadas de molas de flexão e são encontradas com mais frequência em veículos de carga, que precisam de um sistema de suspensão mais robusto.

Amortecedor

Assim como as molas, o amortecedor tem um papel importante no sistema de suspensão do veículo. Por meio dele, a roda mantém o contato com o solo, evitando assim derrapagens e outros problemas ocasionados pela falta de aderência.

Além disso, é o amortecedor que controla o sistema de molas, permitindo que elas sejam abertas e fechadas, de forma a absorver melhor o impacto causado pela direção e obstáculos na pista.

É graças ao amortecedor que o motorista sente um maior conforto ao dirigir, não causando danos físicos ou de concentração enquanto dirige, além de ter mais segurança.

Braço oscilante

Também chamado de bandeja de suspensão, o braço oscilante é ligado diretamente à roda do chassi do veículo. É ele quem determina o alinhamento das rodas e realiza o suporte de força do caminhão durante as curvas.

Ele é o componente de suspensão que está mais próximo das rodas e do chão e, consequentemente, recebe mais impacto. Por isso, é importante fazer revisões constantes nessa peça.

Caso ela venha a ter algum defeito, poderá causar o desligamento de todo o sistema de suspensão e, até mesmo, da direção do veículo. Assim, o motorista perderá o controle sobre o caminhão e poderá causar graves acidentes.

Pivô

O papel do pivô é fazer a ligação entre o chassi do veículo e o telescópio, manga de eixo e cubo de roda, outros componentes importantes para a funcionalidade do caminhão.

Ele se mostra mais útil durante o momento de aceleração e realização de curvas, já que é quando deverá suportar uma grande quantidade de peso e realizar muita força para que o veículo não perca o controle.

É possível encontrar o pivô de maneira independente ou soldado com a bandeja de suspensão. Nesse último caso, se ocorrer algum problema com a peça o indicado é trocar toda a bandeja de suspensão, o que pode ser um procedimento caro.

Barra estabilizadora

A barra estabilizadora é utilizada, como sugere seu nome, para estabilizar o veículo. Ela faz isso diminuindo a rotação da carroceria do veículo durante as curvas, evitando que o motorista perca o controle ou, até mesmo, capote.

Isso também auxilia o caminhão a não sobrecarregar o sistema de suspensão durante esse processo, já que durante as curvas é comum que o veículo deposite uma maior força na sua parte externa.

Sua composição é bastante simples: uma grande barra de ferro acoplada ao chassi do veículo que faz a junção dos dois braços de suspensão de um mesmo eixo. Isso também acaba trazendo mais estabilidade para o caminhão.

Como cuidar da suspensão do seu veículo de carga?

Conforme visto, esse é um elemento indispensável para suas viagens, e mantê-lo sempre em bom estado é fundamental. Afinal, além de aumentar a segurança nas estradas, a suspensão torna o trajeto mais confortável e reduz o desgaste físico do motorista.

Diante disso, selecionamos algumas boas práticas que ajudam a cuidar melhor dessa peça tão importante. Confira!

Cheque todos os componentes da suspensão do caminhão

A primeira dica é prevenção! Faça uma checagem periódica de todos os itens da suspensão do caminhão. O ideal é que esse procedimento seja executado a cada 10 mil quilômetros rodados e, claro, seja confiado a mecânicos de qualidade.

Em resumo, você deve inserir esse cuidado em suas revisões periódicas. Fazendo isso, além de prevenir problemas durante as viagens, é possível economizar um bom dinheiro — afinal, quem previne evita gastos desnecessários e aumenta a vida útil das peças.

Respeite o limite de carga do veículo

Um dos fatores que mais prejudica a suspensão do caminhão é o excesso de carga. Isso porque o peso acima do indicado desequilibra e compromete o funcionamento das peças.

Esse tipo de situação pode expor o motorista a sérios riscos, especialmente durante freadas bruscas e curvas mais acentuadas. Além disso, o excesso de carga pode causar rachaduras nas carrocerias, no feixe de molas e em diversos componentes do sistema.

Para evitar esses problemas é imprescindível que você respeite os limites de carga indicados para o modelo de seu caminhão. Além de aumentar sua segurança na estrada, você preservará sua suspensão, retardando a necessidade da substituição das peças.

Mantenha os amortecedores lubrificados

Durante as viagens, é comum que poeira e outros detritos se acumulem nos amortecedores, o que acaba prejudicando sua movimentação e eficiência. Por isso, um cuidado importante é lubrificar esses itens com frequência.

Lembrando que o ideal é realizar esse procedimento em oficinas especializadas e utilizar lubrificantes de qualidade. O uso de produtos paralelos com o serviço de profissionais pouco qualificados pode se transformar em um grande prejuízo.

Invista em peças originais

Durante a revisão, o mecânico informou que será necessária a substituição de alguma peça da suspensão do caminhão? Nesse caso, é fundamental que você adquira um item original e não caia na armadilha de investir em peças falsificadas.

Sempre é bom ressaltar que produtos paralelos não têm procedência e garantia do fabricante. Além disso, podem não se adaptar com perfeição aos demais componentes e gerar o desgaste prematuro do sistema.

Em outras palavras, o que parecia ser uma economia, pode se transformar em um gasto maior em pouco tempo. Por isso, prefira itens originais e, caso precise economizar, cheque a existência de itens seminovos — mas de procedência garantida.

Calibre os pneus com frequência

Não dá para esquecer dos pneus quando o assunto é suspensão do caminhão. Afinal, eles também contribuem para a preservação do sistema.

Dessa forma, a dica é mantê-los calibrados e evitar trafegar com pneus carecas e danificados. Uma boa prática é checar a calibragem antes, durante e após as viagens. Mas, caso isso não seja possível, faça o esforço de realizar esse procedimento uma vez por semana.

Quanto melhores forem as condições de seus pneus, mais eficiente é a aderência deles ao asfalto e, consequentemente, melhor será o funcionamento dos amortecedores e da suspensão como um todo.

Faça o alinhamento do caminhão

O alinhamento é um procedimento que garante o bom funcionamento do caminhão, fazendo com que os eixos, rolamentos e suspensão operem com eficiência e segurança, no ângulo adequado e indicado pelo fabricante do veículo.

Entretanto, diante da qualidade das estradas brasileiras e do próprio desgaste natural das peças, é comum que as buchas de borracha sejam danificadas e causem trepidações, instabilidade e danos ao sistema de suspensão.

Por esse motivo, a nossa última dica é que você faça alinhamentos periódicos em seu caminhão para solucionar problemas e evitar danos ainda maiores. Com essa simples providência, você reduzirá o consumo de combustível, preservará seus pneus e, claro, manterá a suspensão produtiva por mais tempo.

Como vimos, as condições a que o caminhão é submetido e as viagens constantes exigem do proprietário uma atenção especial com seu maior instrumento de trabalho. A suspensão do caminhão costuma ser um dos componentes mais afetados e, por isso, é preciso atenção redobrada.

Para garantir a qualidade, produtividade e eficiência total desse sistema você precisa investir em manutenções e realizar os procedimentos indicados com atenção. Mas, apesar de serem cuidados simples, nem todo caminhoneiro se lembra de realizá-los e, por isso, acabam enfrentando problemas e prejuízos.

Agora que você já sabe como cuidar da suspensão do caminhão, basta aplicar tudo o que aprendeu e seguir viagem com segurança e tranquilidade.

Antes disso, não deixe de compartilhar este post em suas redes sociais para que seus colegas de profissão também tenham acesso às nossas dicas!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
checklist das peças de caminhãoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-