Peças usadas para caminhões: quais os riscos?

Peças usadas para caminhões: quais os riscos?

Você já comprou peças usadas para caminhões? Sabia que essa prática pode gerar muitos problemas e dores de cabeça? Como nós sabemos que muitos caminhoneiros não compreendem muito bem os riscos de se adquirir produtos usados para seus veículos, preparamos um post para que você entenda melhor e não cometa o mesmo erro.

O caminhão é o seu maior bem, sua ferramenta de trabalho e, via de regra, adquiri-lo demanda um grande investimento e esforço. Por isso, aprender a cuidar e mantê-lo em bom estado de conservação é muito importante.

Ocorre que, em busca de economia, muitos caminhoneiros acabam comprando peças usadas e não originais para seus veículos, percebendo, depois, que não fizeram um bom negócio!

Por esse motivo, é importante que você compreenda bem as desvantagens de se utilizar peças e acessórios usados em seu caminhão e aprenda a fazer economias de maneira inteligente e segura.

Continue com a leitura e se informe melhor sobre o assunto!

Caminhão quebrado: por que comprar uma peça nova?

Mesmo que você tenha um caminhão novo, é possível que alguma peça se desgaste e seja necessário fazer a sua substituição. Aliás, esse tipo de situação é comum na vida de um caminhoneiro e é preciso ficar atento para não cometer o erro de comprar uma peça usada.

Tentando convencê-lo que esse tipo de peça é mais interessante, poderão até afirmar que o custo é menor e que ela ainda está em perfeitas condições de uso, podendo servi-lo por um longo período. Mas, qual a garantia você tem disso?

A peça nova é sempre a melhor opção, pois está absolutamente intacta e pronta para ser instalada em seu veículo. Não é preciso qualquer adaptação e reparo e ela desempenhará a mesma função da que está sendo substituída, sem causar danos ao seu caminhão.

Lembrando que isso só se aplica às peças originais. As peças paralelas, ainda que novas, não dão a garantia de bom funcionamento e podem comprometer a mecânica e elétrica de seu caminhão.

Quais os riscos de adquirir peças usadas para caminhões?

Conforme mencionado, as peças novas e originais foram desenvolvidas para fazer a perfeita substituição daquela que estragou e, por isso, devem ser sua primeira opção. Mas, se você ainda não se convenceu disso, é importante conhecer os riscos de instalar uma peça usada em seu caminhão. Acompanhe:

Comprometimento dos demais componentes

Um dos grandes problemas de se adquirir uma peça usada para o seu veículo é que ela pode comprometer o funcionamento de outras peças que estavam funcionando adequadamente.

Ou seja, você paga mais barato nessa peça, mas ela afeta o sistema de seu caminhão e pode acelerar o desgaste de outras peças, reduzindo a sua vida útil.

Substituição mais rápida

Já ouviu aquele ditado de que “o barato pode sair caro”? Pois bem, quem compra peças usadas acaba caindo nessa armadilha.

Naturalmente, se a peça já foi utilizada, ela já se desgastou e teve sua eficiência e durabilidade alterada. Assim sendo, certamente, ela necessitará ser substituída em um prazo muito menor do que a peça nova.

Se você parar para avaliar o custo final da troca dessa peça, poderá perceber que, a longo prazo, ela é mais cara, pois demanda várias substituições no mesmo período em que a peça nova e original se manteria em perfeito funcionamento.

Perda da garantia do fabricante

Um ponto muito importante para o caminhoneiro é a garantia fornecida pelo fabricante do veículo. Afinal, existem situações e defeitos que são segurados, sendo responsabilidade da montadora a troca e/ou o conserto necessários.

Mas é preciso enfatizar que a utilização de componentes usados e não originais podem causar a perda dessa garantia, representando um grande prejuízo ao proprietário.

Imagine que seu veículo apresentou um defeito que está dentro da garantia do fabricante, mas, ao realizar vistoria, constata-se que você fez uso de uma peça usada paralela. Nesse caso, você terá de arcar sozinho com os custos do reparo, pois a montadora não se responsabilizará.

Lembrando que isso ocorre justamente porque esses itens podem comprometer o funcionamento das demais peças e, por isso, têm o potencial de serem a fonte do problema, o que desconfigura o defeito de fábrica.

Elevação do consumo de combustível

Um caminhão novo e com peças novas consome menos combustível. Portanto, quando o caminhoneiro instala uma peça usada, poderá perceber um aumento nos gastos com diesel.

Esse é um risco que pode comprometer seu rendimento, especialmente porque o combustível representa um de seus maiores gastos e afeta o valor do frete. Assim, ao gastar mais nesse ponto, será necessário cobrar mais caro pelo frete, o que afeta a sua competitividade e pode causar a diminuição da clientela.

Aumento do risco de acidentes de trânsito

Os acidentes nas estradas e rodovias fazem vítimas todos os dias e as falhas mecânicas e a quebra de peças podem ser responsáveis por esse tipo de sinistro. Como as peças usadas têm menor resistência do que as novas, elas representam um sério risco ao caminhoneiro e a todos que cruzam com ele pela estrada.

A falta de conservação dos veículos é um fator recorrente entre as causas de acidentes e isso, obviamente, tem ligação com a instalação de equipamentos, peças e acessórios não genuínos e usados.

Por isso, é preciso ficar atento a mais esse risco que, aliás, é muito sério e precisa ser analisado com mais atenção. Em geral, uma ilusória economia pode custar a vida do caminhoneiro ou de outros motoristas e passageiros.

Perda de oportunidades de trabalho

Por último, é preciso enfatizar que, sempre que seu veículo fica parado para manutenções, você pode perder boas oportunidades de negócio. Como o uso de peças velhas acaba gerando mais manutenções, esse tende a ser um sério problema.

Seu caminhão ficará parado por mais tempo e você não conseguirá atender às demandas e necessidades de seus clientes, perdendo espaço no mercado e manchando sua imagem. Como você sabe, ser reconhecido como um motorista autônomo competente, responsável e pontual é essencial para o seu crescimento profissional.

Por que optar pelas peças originais?

Ao longo deste material você acompanhou os riscos de se adquirir peças usadas para seu caminhão. Mas, as peças paralelas também podem gerar problemas para você!

Por não passarem pelo mesmo rigoroso processo de fabricação e inspeção, esses produtos não possuem sua qualidade atestada e, naturalmente, podem comprometer sua segurança e também seus rendimentos.

Comprar peças genuínas é o investimento mais vantajoso, pois elas possuem uma duração elevada, são feitas com o mesmo cuidado e tecnologia daquelas que vêm de fábrica e, claro, possuem garantia do fabricante.

Em outras palavras, você estará muito mais seguro e reduzirá os gastos com manutenção, pois, ainda que a peça apresente algum defeito, a fabricante se responsabilizará pela troca.

Por outro lado, a peça não original, além de todos os problemas e riscos que gera, não possui respaldo legal e não foi produzida dentro das normas de segurança. Ou seja, ainda que o custo de aquisição seja menor, ela não pode ser considerada uma compra vantajosa.

Peças genuínas remanufaturadas: uma economia segura e inteligente

Conforme mencionamos, a opção mais interessante para você e para o seu caminhão é a compra de uma peça nova e original. Porém, é interessante ressaltar que algumas montadoras, por meio de suas concessionárias autorizadas, oferecem peças originais remanufaturadas.

Esses itens são originais — ou seja, têm garantia de procedência do fabricante — e, apesar de já serem usadas, passaram por um processo de análise e revisão para que fossem colocadas à venda.

Desse modo, a montadora recolhe as peças, analisa e avalia suas condições de uso e realiza todos os procedimentos para assegurar que elas estão em perfeito estado de conservação e podem ser reaproveitadas com eficiência e segurança.

Com isso, o caminhoneiro pode adquirir uma peça original e usada, por um preço mais acessível, mas dentro de todos os padrões de qualidade e segurança. Trata-se de uma opção para quem precisa e quer economizar, mas não abre mão de adquirir um bom produto e que não gere todos os riscos apresentados anteriormente.

Conseguiu entender por que as peças usadas para caminhões representam um risco para você e seu caminhão? Um caminhoneiro inteligente sabe que precisa cuidar com atenção de sua ferramenta de trabalho e que, buscar economia a qualquer custo pode trazer sérios problemas.

Portanto, diante de tudo o que foi apresentado, é importante que você busque sempre por peças novas e que sejam originais. Lembrando que, caso precise economizar, há a opção de ir até uma concessionária autorizada e procurar pelas peças remanufaturadas. Desse modo, você terá o seu caminhão sempre em sua máxima performance e pronto para seguir viagem em segurança!

Precisando de alguma peça para seu caminhão ou quer se informar melhor sobre as manutenções e outros detalhes de seu veículo? Entre em contato agora mesmo com o Grupo WLM! Estamos prontos para atendê-lo!


About The Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Receba dicas e novidades sobre caminhões, no seu email:

WhatsApp

Canal WLM

Play
Play
Play
Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
Slider

Aumentar seus rendimentos como caminhoneiro

Baixe 10 materiais para maximizar o lucro do motorista

O seu scania no nosso instagram

Aprenda a planejar as suas viagens

Guia do controle de custos da frota

Guia do controle de custos da frota

Parceiro

Share This