O que todo caminhoneiro mais deseja é poder fazer uma viagem tranquila e chegar ao seu destino sem imprevistos. Além disso, evitar ao máximo sofrer com gastos inesperados durante o trajeto. O ideal é buscar sempre maneiras novas de reduzir os custos necessários para realizar o transporte, pois isso afeta diretamente o bolso de quem dirige.

Porém, diminuir os gastos nem sempre parece ser algo tão simples, ainda mais com a quantidade de coisas com as quais o motorista precisa se preocupar. Por isso, mostraremos aqui seis dicas de economia em viagens de caminhão que vão ajudá-lo a gastar menos em suas viagens. Confira!

1. Não se esqueça das revisões

Para ter menos gasto com manutenções é fundamental manter as revisões em dia. É neste momento que um profissional especializado vai fazer os devidos ajustes e a substituição de peças para que seu veículo continue rodando sem imprevistos.

As revisões trazem uma economia enorme para o motorista, que deixa de gastar com consertos que não estavam em seus planos. Além disso, você elimina o risco de ficar parado na estrada, o que traria ainda mais prejuízos ao seu bolso.

Portanto, não se esqueça! Leve o veículo para as revisões dentro dos devidos prazos e quilometragens, garantindo que seus gastos se mantenham dentro dos planos.

2. Faça um planejamento de viagem

Uma viagem tranquila e econômica exige organização antes mesmo de sair de casa. Realizar um bom planejamento de viagem garante não só que você viaje com mais segurança, mas também que seus custos sejam mais baixos. Alguns itens devem ter sua atenção especial, como mostraremos a seguir.

Planeje as rotas

Com o destino definido, é interessante estudar as possíveis rotas para sua viagem. Leve em consideração a qualidade e segurança das estradas, além da quantidade de pedágios que você deverá pagar em cada uma delas. Muitas vezes um caminho mais longo vale mais a pena, pois a qualidade das estradas ajuda a preservar seu caminhão.

Não se esqueça de verificar se o trajeto inclui passar dentro ou muito próximo de cidades, o que pode colocar você em trechos de trânsito mais carregado. Principalmente em horários de pico, o ideal é fugir desses trechos, evitando ficar parado por muito tempo.

Calcule o tempo

Seja para uma viagem curta ou muito longa, é fundamental calcular uma expectativa de tempo total e os possíveis atrasos que você poderá ter durante o percurso. Isso ajudará você a definir os locais para descansar e se alimentar ao longo de sua rota, possibilitando que você evite locais muito caros e com pouca segurança.

Não se esqueça de reservar o devido tempo para descanso e alimentação. Uma péssima forma de tentar economizar é dirigir durante longas jornadas, pois sua saúde é prejudicada, não valendo a pena o esforço.

Além disso, os riscos de acidente são muito mais altos, colocando em risco seu caminhão e sua própria vida! Por isso, planeje bem sua rotina para se alimentar corretamente e dirigir descansado.

Saiba também como calcular se o seu frete vale a pena, baixe a nossa planilha!

3. Abasteça em locais confiáveis

O combustível que você coloca no seu caminhão desempenha um papel crucial para garantir um bom funcionamento do motor. Você deve ter muita atenção quando buscar por postos que ofereçam um valor mais em conta, pois um produto de má qualidade pode causar muitos danos, principalmente para quem roda muito.

Procure por postos confiáveis e abasteça com combustível de qualidade. Lembre-se que nem sempre o mais barato é aquele que mais compensa. A economia na hora de abastecer pode se transformar em prejuízo quando o motor for danificado.

É possível encontrar postos de confiança que não cobrem valores absurdos para abastecer. Lembre-se de verificar também com outros motoristas e procure na internet pela reputação do posto em questão.

Faça isso já em seu planejamento de viagem, para que você tenha predefinido cada posto no qual fará o abastecimento, evitando esvaziar o tanque e ter de pagar valores abusivos em locais muito isolados.

4. Faça as manutenções em concessionárias

Um bom motorista é aquele que se preocupa com a saúde do seu caminhão, pois isso gera economia de dinheiro. E a melhor forma de garantir que o veículo se mantenha em boas condições é ter atenção aos pequenos detalhes, porém para que isso seja possível, você deve primeiro garantir que a manutenção esteja em dia e que seja feita em local confiável.

manutenção preventiva é a melhor maneira de evitar problemas mecânicos e poder realizar as trocas de peças dentro do planejado. É muito mais seguro manter o caminhão com a mecânica em dia, verificando constantemente certos itens, do que gastar valores inesperados, em manutenções corretivas. Mas em qualquer circunstância, seja manutenção corretiva ou preventiva, opte por um local de confiança. As concessionárias utilizam peças originais (genuínas) e mão de obra qualificada, além de oferecer garantia.

5. Dirija com segurança

Conduzir seu veículo com consciência e atenção é obrigação de todo motorista. Essa responsabilidade é ainda maior quando falamos de motoristas profissionais, pois são os que passam mais tempo no volante, sofrendo mais com cansaço e estresse. Por isso, cuide de você mesmo e estará cuidando de todos no trânsito.

Assim como manter uma boa alimentação e dirigir descansado, não se esqueça de fazer uma visita ao médico periodicamente. Com os devidos cuidados com a saúde, você poderá dirigir sempre com tranquilidade.

No volante, respeite as leis de trânsito, inclusive as específicas para veículos pesados. A direção defensiva é, também, uma grande aliada do caminhoneiro. Com ela, você não só garante a própria segurança como exige menos do seu caminhão, trazendo economia na hora da manutenção.

6. Dê atenção especial à carga

Mesmo o motorista que possui o hábito de cuidar muito bem do seu veículo pode, eventualmente, deixar passar algum erro sobre a carga. E isso pode trazer grandes prejuízos financeiros.

Verifique sempre se o peso está dentro do permitido. O excesso de carga não só é passível de multa como prejudica os pneus, a suspensão e outros itens da mecânica do seu caminhão.

Além disso, lembre-se de estar ciente do tipo de material que está transportando e dos cuidados especiais que ele exige. Materiais líquidos, inflamáveis ou perecíveis, por exemplo, necessitam de transportes com os devidos cuidados. Por isso, fique de olho!

Com essas dicas, você poderá dirigir com tranquilidade e garantir mais economia em viagens, sejam elas curtas ou longas. Cuide bem do seu caminhão e faça uma boa viagem!

Quer saber mais? Então veja  6 dicas para a manutenção do pneu de caminhão!